Pular para o conteúdo principal

Postagens

Resposta do merecer

​É, a doçura pode ser lida nas palavras
Refletida nos sorrisos
Aqueles que abrigam e obrigam
Fazer parte do nosso paraíso

Encontro-me em ti
E, nos teus braços, ouso descansar
Para, algum dia, ​que não vai tardar
Sermos um mar

Gotas e gotas formam a vida
A minha e a tua Não mais divididas
E, sim, vívidas

Vivemos e ousamos ser
Reflexos de uma luz de sol
Que não tarda na tarde
Mas que se deixa ser amor.

Bárbara Fragoso
Postagens recentes

Sentido

Se eu me afasto de Deus, o mundo fica mais perto de mim. Tudo ao meu redor vai perdendo o sentido. Também perco os sentidos. A confusão interior toma conta. Os mais simples raciocínios ficam sem resposta, já que só possuem embasamento com a ajuda da visão sobrenatural. Os amores são confundidos com as enganadoras armadilhas das paixões, que inclusive não levam a nada e só deixam destroços, depois do tornado gerado. Os significados da vida e da morte ficam doloridos, sem perspectivas óbvias e à sombra de um labirinto realmente sem saída. A liberdade e a libertinagem são confundidas. A tal dona da razão quer ter razão em tudo. Fica a pergunta: para quê viemos ao mundo? Para sermos felizes? Em que consiste a felicidade? Quanto custa? Está ligada ao dinheiro e aos prazeres? Se eu for acreditar que o mundo é capaz de oferecer a verdadeira felicidade, nada mais fará sentido para mim. "Você tem que se aproximar de algo tanto quanto isso te aproxima de Deus e se afastar tanto quanto"…

Retorno

Muitas vezes, o retorno gira em torno das mudanças almáticas. 
Enquanto me encontro, giro palavras. 
O silêncio paira.
E nesse ar de encanto ouso buscar-me.
Ouço-me. 

Bárbara Fragoso