Pular para o conteúdo principal

Cortinas do luar

Por: Bárbara Fragoso

As estrelas fechavam as cortinas do luar.
O sol já espreguiçava.
Ela pensou em ir embora e sem demora.
Sem deixar cartas e nem rastros.
Mas logo viu que aquelas calçadas pertenciam aos seus passos.
Era uma fuga? Sim.
Ela vivia piscando.
Ora surgia, ora sumia.
Ela era sua única companhia.

Comentários