Pular para o conteúdo principal

Plateia

É. Deveria estar perdendo o próprio tempo. Aliás, palavras. Palavras, as quais encheu a boca para vomitá-las. Aliás, encheu a folha para escrevê-las. Fechou os olhos para imaginar cada sentido que elas poderiam trazer. Agora, restam estragos. 

Trago-me e, diante de mim, perco-me. Faço da minha cara um circo. Nego-me, diversas vezes, ser plateia de mim mesma, mesmo sabendo que não deveria abrir mão de me assistir. Assusto-me.

Bárbara Fragoso 

Comentários