Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2012

Esquina

Viro a esquina. Permaneço na mesma calçada. Dou alguns passos e estou no mesmo lugar. Vejo janelas retangulares e quadradas escancaradas. Em algumas, vejo até a cor da cortina. A minha  continua fechada. A fachada não é breve. Anoitece. Os sonhos sugam fraquezas e medos. Depois, seguem por ali, e viram a esquina. Permaneço na mesma calçada, com os pés descalços.

Bárbara Fragoso 

Dias de poucas

Dias de poucas palavras, de poucos palcos, De poucos sorrisos.
Dias de poucas maneiras, de poucas mentiras, De poucos perigos.
Dias de poucos medos, de poucas piadas, De poucos amigos.
Dias de poucos encontros, de poucos festejos, De poucos pedidos.
Dias de poucas palavras. De porcas palavras. Palavras cuspidas.

Bárbara Fragoso