Pular para o conteúdo principal

Esquina


Viro a esquina. Permaneço na mesma calçada. Dou alguns passos e estou no mesmo lugar. Vejo janelas retangulares e quadradas escancaradas. Em algumas, vejo até a cor da cortina. A minha  continua fechada. A fachada não é breve. Anoitece. Os sonhos sugam fraquezas e medos. Depois, seguem por ali, e viram a esquina. Permaneço na mesma calçada, com os pés descalços.

Bárbara Fragoso 

Comentários