Pular para o conteúdo principal

Tem pó


Tem?
                                                                         Salvador Dalí
Tem.
Tem tempo?
Tem.
Tem tempo sem tempero.
É, tem.
E tempestade, hein?
Tem.
– Ah! Tem piedade!
Tem piedade?
Tem π e idade.
E tempo?

Tem pó.

Bárbara Fragoso

Comentários

BLOG DO IASBECK disse…
Esse tipo de expropriação da palavra, de exploração das possibilidades de significação pela decupação e pela aliteração...é um recurso muito mais rico do que curioso. Ele nos remete aos radicais, aos prefixos, sufixos e desinências que descaracterizam famílias de sentidos e rejuvenesce a percepção.
Adorei.. Bar Bara Fraga, fragata,,, fragada, fragosa .. fragoso!